• Músicas
  • A ForTuna orgulha-se de possuir um cancioneiro tão diverso e trabalhado quanto o que aqui apresenta.
Tuna Fortuna
  • Ala P’rá Rusga

  • (Letra/Música: Ulisses Oliveira)

Ala p’rá rusga
Ala p’rá rusga
Vamos correr todas as tascas
Vamos festejar com a lua
Até que chegue a alvorada
Ala p’rá rusga
Ala p’rá rusga
Vamos correr todas as tascas
Haja vinho com fartura
Mais canções e guitarradas

Isto de ser estudante
Não é p’ra qualquer mortal
Passamos dias a fio a comer e a dormir mal
E quando chega o exame
O resultado é fatal
‘Estudo foi tempo perdido não compensou no final
‘Estudo foi tempo perdido não compensou no final

(Refrão)

Dizem que em toda a semana
O estudo devia imperar
Mas a semana é tão grande que dá para festejar
Tudo seria perfeito
Passar a vida a borgar
Mas o professor é matreiro e chumba sem vacilar
Mas o professor é matreiro e chumba sem vacilar

(Refrão)

Na falta de algum estudo
Não há nada que enganar
Venham uns penalties de tinto p’rás ideias aclarar
E se ficar reprovado
Não há que desesperar
Bebem-se mais uns copitos para as mágoas afogar
Bebem-se mais uns copitos para as mágoas afogar

(Refrão)

  • Ouvir
  • Gravação da ForTuna a interpretar Ala P’rá Rusga