• Músicas
  • A ForTuna orgulha-se de possuir um cancioneiro tão diverso e trabalhado quanto o que aqui apresenta.
Tuna Fortuna
  • Uma Bica

I

Vou-me embora,
Se não me pagas outra bica.
Já cantei,
Tudo o que tinha pra cantar.

Palavras
Leva-as o vento
E eu soube no momento
Que não te conseguia enganar.

Eu sei que ontem
Me portei mal, pisei o risco
Mas agora
Estou aqui pra compensar.

As horas perdidas, esquecidas
Só não ouve esta cantiga
Quem não tem
Um coração pra a escutar.

Tu sorriste
E chamaste mentiroso
A quem
Só te queria agradar.

Pus a capa e a batina
Fui pra rua e menina
Fiz-te uma
Serenata ao Luar.

II

Tu sabes bem como eu gosto
De te ouvir cantar
Desculpa lá mas desta vez
Não te vou perdoar.

Ai as coisas que fizeste
Lembras-te do que disseste
Pensei que em ti
Podia confiar.

Mas agora estás aí
Com essa tua voz
Por mais que tente é difícil
Não pensar que nós.

Temos tanto pela frente
Talvez vá ser bem diferente
Continua
Que até estou a gostar.

III

Se estás a gostar
Anda pra rua
Que estou farto
De estudar.

Anda Menina
Que a vida está
Já ali ao
Virar da esquina.

Oh meu amigo
Mas diz-me lá
Porque é que
Eu hei de ir contigo.

Porque eu estou
Apaixonado
Tristeza essa
Já lá mora no passado.

IV

Aqui estou eu
Ainda à beira-mar plantado
Resfriado o café
Pra me alegrar.

Palavras de sentimento
Sussurradas pelo vento
Ao ouvido
E eu punha-me a pensar.

Volta à terra chama por mim
E o sonho ficou assim
Porque é sempre o sonho que fica
Esperando eu pela tua bica.

  • Ouvir
  • Gravação da ForTuna a interpretar Uma Bica